quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Amor não nasce em árvore.





Meu coração hoje está como frutas que são gostosas mas se deixar muito tempo na geladeira elas vão mofando, estragando, apodrecendo e não tem como salvar porque uma vez estragada elas tem que ser jogadas fora. Mas ao contrário dessas frutas, o meu amor não dá em árvores e até pode se recuperar se eu tiver alguém. Um alguém para dar algum sentido e para recuperar tempos perdido por meu coração ficar na "geladeira". E poderia ser você, mas eu não consigo entender se eu entrego o meu amor mas não sei se o que sente é verdadeiro, se o que me diz é em vão ou não. Mas eu continuo...porque preciso precisar de você e o que sinto não é nada sem querer, porque eu quero.
Se entregue como eu me entreguei, se renda a mim. O amor não é um bicho de sete cabeças, não é ele que vai lhe fazer sofrer e sim as pessoas. E se o amor não der certo, procure outro mas não se esqueça: Que amor, ah o amor...ele não nasce em árvores.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. eu me entrego a vc
    sou praticamente um saco de laranja se vc quiser fazer suco

    ResponderExcluir
  3. HAHAHAH' então dá para fazer muitos sucos :)

    ResponderExcluir
  4. e não é que deu certo? te achei. rs

    um beijo!

    ResponderExcluir